Hormônios: Como Eles Funcionam Para Uma Boa Hipertrofia

anabolizantes

Quanto o assunto se trata de hormônios e musculação, muitas pessoas ficam com medo porque os anabolizantes contêm hormônios sintéticos capazes de aumentar a massa muscular de uma pessoa. Porém, como se trata de um medicamento com fortes efeitos colaterais, os anabolizantes são ministrados com receita médica e com objetivos de curas ou controle de doenças, em sua grande maioria relacionada a disfunções hormonais como impotência sexual ou até mesmo a menopausa.

Existem outras doenças também que são tratadas com anabolizantes, tais como o HIV, mas este é um outro assunto para um próximo texto. Hoje, nós vamos descobrir como os hormônios são importantes para a musculação e como os profissionais da área da educação física precisam trabalhar em suas séries para que haja a tão buscada hipertrofia.

Esperamos que vocês gostem desta análise e se puderem compartilhar com seus amigos, porque informação de qualidade nunca é demais! Boa leitura.

Como os hormônios funcionam no nosso organismo?

ganhe-musculos-com-testo-natural

Não sei se você sabe, mas o sistema nervoso central é um dos braços do sistema endócrino e são a partir deles que os comandos são enviados e os hormônios liberados para o nosso corpo. Com a deficiência de algum deles, pode ser que alguns tipos de doenças possam ocorrer.

Ocorre que o sistema nervoso central, a partir das sinapses nervosas, enviam mensagens para as nossas correntes sanguíneas. Estas mensagens também podem ser chamadas de hormônios, aos quais são produzidos por glândulas ou outras estruturas que estão espalhadas por todo o organismo.

Estas substâncias ou hormônios são secretadas em várias quantidades por células que executarão determinada função as quais os hormônios possuem propriedade para realizar. Tais funções são reações metabólicas que o corpo vai desenvolver, ou seja, em grande parte, as células do nosso corpo são comandadas pelos hormônios.

É muito interessante a gente ter uma certa noção de como tudo funciona porque está, literalmente, tudo ligado. É uma reação em cadeia que começa no cérebro e que depois é comandada e transmitida para todo o corpo. Sendo assim, são os hormônios que determinam a hipertrofia, por isso que os anabolizantes tiveram um forte crescimento nos anos 70, afinal de contas, a ideia de tomar hormônio sintético para fazer o corpo aumentar de massa muscular em um curto espaço de tempo é até hoje muito procurada. Porém, isso não quer dizer que tomar anabolizantes faz bem para a saúde, pois devemos sempre levar em consideração a questão dos efeitos colaterais que são bastante graves e podem levar, inclusive, à morte.

Classificação dos Hormônios e Como Eles Agem no Organismo:

hormonios femininos

Esteroides: geralmente são ligados a questões sexuais como o testosterona e o estrógeno. Os esteroides são hormônios que alteram ou estimulam funções do organismo, ou seja, quando há entrada deste hormônio no organismo, a ação celular é alterada ou estimulada.

Peptídeos: compostos proteicos que não alteram as funções celulares. Somente as membranas das mesmas por meio de receptores capazes de provocar certas reações. Bons exemplos de peptídeos são a Insulina e o Hormônio do Crescimento.

Conforme dito anteriormente, os hormônios são responsáveis por alterar ou estimular quase todas as funções metabólicas do corpo, ou seja, não apenas os músculos, mas várias outras funções. Isto quer dizer que quando ingerimos hormônios sintéticos, ou os famosos anabolizantes, o nosso corpo estará mudando a sua estrutura de uma maneira muito brusca e rápida, de forma a causar um verdadeiro curto circuito em algumas funções que não estão necessitadas de reposições hormonais.

Ou seja, como os anabolizantes foram criados para suprir a necessidade de uma função que está em descompasso, quando somos receitados por um médico a tomarmos tal hormônio, as chances de haver um efeito colateral grave é muito pequena, uma vez que o corpo vai saber absorver de maneira inteligente a fim de recuperar determinada função que está em déficit pelo corpo.

Por isso que ao ingerir um anabolizante sem a necessidade médica para tal, o corpo acaba ficando com determinado hormônio em excesso, pois está produzindo-o normalmente a todo vapor e também está recebendo um extra sintético sem a menor necessidade. Logo, esta sobrecarga é entendida como um corpo estranho e o organismo começa a dar sinais de que algo está errado, é quando os efeitos colaterais começam acontecer.

Sem contar que quem tem o costume de fazer o uso de esteroides, por exemplo, correm o risco de depois de um tempo, o próprio corpo deixar de produzir o hormônio porque, mesmo que de forma intuitiva, os receptores acabam tentando equilibrar este excesso e param de funcionar da maneira correta. O resultado disso é que quando você deixar de tomar o hormônio sintético, consequentemente vai ter uma produção hormonal natural em desequilíbrio.

Sendo assim, é sempre importante avaliar a real necessidade do uso de hormônios e em caso de dúvidas perguntar para o seu médico de confiança. É algo que realmente não devemos brincar, pois os hormônios são partes essenciais para a vida humana.

 


4.51/5 104votos

Winstrol – Veja Aqui Quais São Os Principais Benefícios De Usar:

WinstrolTalvez você não conheça o Winstrol por esse nome uma vez que ele também é chamado de Stanozolol. Independente do nome esse esteroide anabolizante é bastante conhecido dentre os praticantes de fisiculturismo e outras modalidades esportivas que demandam músculos e ganho de massa. Uma das características mais marcantes dessa substância é que para alguns indivíduos oferece ótimos resultados enquanto para outros pode ser apenas fonte de desagradáveis efeitos colaterais.

A fama do Winstrol 

Esse certamente não é o esteroide anabolizante mais famoso, mas é bastante relacionado a ciclos em que se está em busca de definição muscular. Um dos pontos mais positivos dessa droga é que oferece riscos muito pequenos de retenção líquida, aumento da pressão arterial ou mesmo de irritabilidade.

Num breve comparativo com drogas similares constatamos que o Winstrol oferece efeitos colaterais menos agressivos. Porém, os efeitos e o grau que eles terão no organismo variam de pessoa para pessoa. A forma como o organismo reage pode ser bem diferente de um indivíduo para outro.

Potência do Winstrol 

Quem conhece esse mercado sabe que o Winstrol não é exatamente o anabolizante mais potente, porém, para a definição muscular pode ser bastante positivo e se destaca por ter poucos riscos de efeitos colaterais associados. Para quem deseja pequenos ganhos sem sofrimento pode ser uma excelente alternativa.

Quais são as funções do Winstrol? 

Winstrol o que é

Grande parte das pessoas que usa o Winstrol está num ciclo em que deseja reduzir a quantidade de gordura no corpo e aumentar a definição muscular. Mas, atenção que a substância não é responsável por reduzir gordura e sim por promover a lipólise através do ganho de massa magra. A grande questão com esse esteroide está em utilizá-lo em ciclos de ganho de massa e definição muscular.

Pelo fato de ser conhecido como uma droga do tipo “spirose-reverse” – que leva a água de um ponto a outro – o Winstrol pode ser muito positivo para a melhora das articulações uma vez que promove o aumento de água nas cartilagens e também poder dar um desenho mais definido para o corpo.

O uso de Winstrol 

Algo que assusta quem está pensando em começar a fazer uso dessa droga é a sua fama de causar muitas dores no momento da aplicação. A versão injetável pode ser muito dolorosa em pessoas que apresentam maior sensibilidade. Quanto maior a dosagem maior a possibilidade de sentir dor. Em geral atletas usam o Winstrol em dosagens menores com o objetivo de prevenir lesões. Usar dessa forma o esteroide pode ser uma forma interessante uma vez que reduz o risco de efeitos colaterais e se mostra efetivo na prevenção de possíveis lesões.

Mas, é bom que se diga que tem especialistas que colocam em dúvida a eficiência dessa droga a partir de pesquisas que questionam a sua efetividade, pois ela poderia enfraquece os tendões e os ligamentos. Existe um certo consenso sobre o uso dessa droga junto com drogas de finalidade estética, a recomendação é ter acompanhamento médico para evitar possíveis consequências.

Mulheres podem usar o Winstrol? 

Winstrol Funciona

Essa é uma das drogas mais usadas por mulheres seja na sua forma isolada ou então combinada com outras drogas. Como possui um perfil androgênico relativamente baixo se mostra uma droga segura para elas também. Para as mulheres o Winstrol pode ser usado em outros ciclos além daquele de ganho de definição muscular. Novamente precisamos destacar que é necessário ter acompanhamento médico para realizar o uso da droga.

Winstrol tem efeitos colaterais? 

O grande ponto positivo do Winstrol é não ter efeitos colaterais tão intensos para grande parte das pessoas. Porém, alguns indivíduos podem apresentar reações adversas especialmente quando estão usando o esteroide num ciclo que exige muito do corpo bem como associado a outras drogas. Como o Winstrol precisa resistir ao trato gastrointestinal conta com um composto chamado alfa-quelato que pode causar problemas hepáticos. Em casos extremos pode levar a falência renal.

O esteroide pode ainda reduzir a quantidade de colesterol bom e aumentar os níveis do colesterol ruim. Possui efeitos aterogênicos e pode estar inclusive associado a problemas cardíacos. Alguns indivíduos podem sentir que o esteroide está influenciando negativamente na sua libido. O composto pode apresentar como efeitos colaterais enjoos, náuseas, vômitos, acne, dificuldades para dormir, ansiedade entre outros.

Winstrol e a fama de emagrecedor 

Como o esteroide auxilia na redução da gordura corporal existe uma associação errônea de que ele emagreceria. Explicamos acima e vale ressaltar novamente que o esteroide não age diretamente na queima calórica, isto é, ele não vai acabar com a gordura no corpo por si só. O que o composto faz é promover lipólise que ajuda a se livrar de parte da gordura do corpo, mas isso não quer dizer que sua primeira função é ser emagrecedor.

Não se deve usar o Winstrol como um produto emagrecedor, pois não se obterá resultados. O que o composto faz é deixar os músculos mais definidos e contribuir para a redução da gordura, contudo, sem exatamente ser um emagrecedor. Essa é uma questão importante de ser esclarecida.

 

Metandrostenolona – O que é, Como Funciona e Efeitos Colaterais

Metandrostenolona

O esteroide anabolizante Metandrostenolona é mundialmente conhecido com o nome de Dianabol. Durante muito tempo foi usado por fisiculturistas para o ganho de massa e músculos, conheça mais sobre a história e os usos dessa substância. Tem muitos fatos interessantes sobre essa substância que vão surpreender você.

A história da Metandrostenolona 

Essa foi a segunda droga anabólica de uso exógeno a ser criada no mundo, sua origem remonta a época da segunda guerra mundial. Foi logo após o desenvolvimento da Testosterona. O objetivo era usar a droga para que os soldados que lutariam na guerra tivessem melhor desempenho no campo de batalha.

Atualmente, o Dianabol é usado por atletas de modalidades diferentes para conquistar o ganho de massa. Além de visar o aumento da quantidade de massa no corpo o uso dessa droga também objetiva dar mais força e explosão para os músculos. Um dos pontos mais positivos da Metandrostenolona é que ela tem uma quantidade de calorias bem mais baixa que as outras opções.

Como é feito o uso de Metandrostenolona 

Metandrostenolona-o-que-é

A droga anabólica pode ser usado de duas formas: oral ou injetável. A primeira forma é a mais comum enquanto que a injetável no início ainda tinha uma adição de vitaminas do Complexo B. É essencial que se diga que um dos possíveis efeitos colaterais do uso de Metandrostenolona é o aumento da pressão arterial uma vez que a substância foi desenvolvida com modificações do carbono 17 para que pudesse resistir a ação do metabolismo hepático. Também pode causar retenção de líquidos.

Se o usuário ingerir mais de 80 mg/dia pode ainda ter como consequências a redução da produção de testosterona, FSH e GH e com isso uma queda na libido. Lembrando que essa droga é usada em ciclos de ganho bruto de massa de maneira que não se associa ao seu uso a redução de gordura. Em geral os atletas usam essa droga para dar início ao seu processo de ganho de massa, isto é, apenas para ser aquele empurrãozinho.

Outros efeitos colaterais de Metandrostenolona 

Os usuários de Metandrostenolona podem perceber que a sua pele está mais oleosa com o surgimentos de acne, apresentar queda de cabelo e outros efeitos colaterais menos comuns dentre os quais estão o aumento do colesterol e gordura localizada.

Quais os principais benefícios da Metandrostenolona? 

O principal benefício que essa substância anabolizante oferece para o seu corpo é a retenção de nitrogênio, esse elemento é usado pelas células para a produção de proteínas e para a construção de músculos. O corpo passa a ganhar mais massa magra e com isso os seus níveis de estamina também são elevados, como consequência se tem ganho de massa e força. Quando se chega ao final do ciclo do uso do esteroide se percebe um ganho de massa muito superior ao que poderia ser esperado.

Tempo de uso da droga 

Sendo combinada com outras drogas ou não, é importante ficar atento ao tempo de uso da mesma. Não se deve exceder períodos de 3 a 8 semanas, mais tempo que isso pode causar o excesso de toxinas no organismo que pode acarretar em perda para o sistema hepático. As dosagens diárias mais comuns dessa droga giram em torno de 60 a 80 mg, não se deve ultrapassar essa quantia para não intoxicar o organismo.

Nos casos de uso oral da droga o período para tomar as doses pode ser de 6h em 6h. Quando se está fazendo aplicações de injeções a lógica é um dia e um dia não. Um dos usos comuns também da Metandrostenolona é como uma ponte entre ciclos, isso quer dizer que o usuário dá um tempo entre um ciclo e outro. O uso de qualquer substância requer o acompanhamento médico.

Alimentação 

Metandrostenolona efeitos

Apenas tomar doses de Metandrostenolona não garante o seu ganho de massa, é importante que o interessado mantenha uma dieta de acordo com as necessidades geradas para o seu corpo dentre as quais estão o consumo de pelo menos 5.000 calorias por dia. O uso de Metandrostenolona não é indicado para quem deseja adquirir massa magra para perder peso ou então ter mais agilidade. Compreender todos os pormenores dessa droga é o que faz a diferença do seu uso.

Uso correto faz toda a diferença 

Ao ler esse artigo você deve ter percebido que existem alguns riscos no uso de esteroides anabolizantes e dessa forma para obter bons resultados e poder se sentir bem é necessário fazer o seu uso correto. Exatamente por isso que é necessário ter o acompanhamento de um profissional. Saiba que fazer uso desse tipo de substância por si pode ser arriscado para a sua vida.

Embora a droga Metandrostenolona pode ser muito positiva para o ganho de massa é importante saber quais são as dosagens corretas para evitar que o organismo fique intoxicado. Altas doses desse esteroide anabolizante podem acarretar em sobrecarga para o organismo. Saiba como evitar esse problema usando os esteroides de maneira assertiva.