Vigorexia – O que é, Como Funciona e Principais Sintomas

vigorexiaNos últimos tempos a Vigorexia se tornou uma doença mais reconhecida e comentada. Para quem não conhece essa doença consiste num transtorno dismórfico muscular que tem como principal característica a insatisfação com o próprio corpo. De maneira geral a também chamada Síndrome de Adonis afeta mais homens do que mulheres. Uma das consequências mais sérias a que essa doença pode levar é a prática exaustiva de exercícios físicos.

Vigorexia – Por que Transtorno Dismórfico Muscular? 

O termo científico para se referir a essa doença – Transtorno Dismórfico Muscular – foi escolhido pelo fato de que os indivíduos vigoréticos apresentam descontrole em relação a sua autoimagem. A palavra dismorfia se refere aos casos em que existe diferença entre o que é e o que o indivíduo vê. Quem apresenta essa doença tem a percepção de que não é musculoso o suficiente, de que precisa se esforçar ainda mais para chegar ao corpo perfeito.

Quais são os principais sintomas da Vigorexia? 

sintomas-vigorexia

O sintoma que mais chama atenção da Vigorexia é um indivíduo cujo corpo já está em forma, mas que ainda acha que não está adequado, que precisa de grande quantidade de exercícios para alcançar um visual mais interessante. Outros sintomas que se manifestam na Vigorexia incluem dores pelo corpo, sensação de cansaço, anorexia, insônia, sentimento de que se é menos que os demais pelo seu corpo, irritabilidade, depressão entre outros.

A vida de um vigorético 

Para reconhecer um vigorético é necessário observar o seu estilo de vida, em geral pessoas que sofrem desse transtorno passam a ter uma alimentação restritiva e focam na eliminação completa das gorduras do cardápio. Essas pessoas costumam exagerar no consumo de alimentos ricos em proteínas para aumentar a massa muscular do corpo. O uso de anabolizantes pode ocorrer para tentar definir o corpo ainda mais.

Uma pessoa que sofre desse transtorno em geral é forte, mas ainda assim se vê muito magro e fraco. Exatamente por isso que é considerado um transtorno obsessivo compulsivo e precisa de tratamento para não desencadear problemas mais sérios. Ser uma pessoa que sobre de Vigorexia pode ser muito prejudicial para a saúde e também para a convivência social.

Quais são as causas da Vigorexia? 

tudo sobre vigorexia

Acredita-se que as causas dessa doença são psicológicas, no entanto, alguns pesquisadores sugerem que pode existir relação com os neurotransmissores do sistema nervoso central uma vez que se observaram vários casos desse transtorno após doenças como meningite e encefalite. Contudo, as causas ainda não foram determinadas com certeza.

A Vigorexia é um transtorno moderno? 

Os cientistas que pesquisam a Vigorexia chegaram a conclusão de que esse transtorno pode ser consequência da cultura moderna. Basicamente as pessoas estão muito preocupadas com o culto ao corpo porque ele se tornou pauta nas últimas décadas. Chegar ao máximo do potencial físico se tornou algo essencial para muitas pessoas que acreditam não poderem ser felizes sem ter o corpo entendido como perfeito.

O transtorno da Vigorexia pode ser resultado da influência da mídia e sociocultural. No início se trata apenas de um pouco de vaidade com o próprio corpo e da busca por uma vida mais saudável. Contudo, conforme o tempo passa a necessidade de aumentar os músculos vai se tornando cada vez mais expressiva e passa a controlar a existência do indivíduo se caracterizando pelo comportamento obsessivo.

As consequências desse transtorno 

O transtorno da Vigorexia não só pode causar danos psicológicos como físicos no indivíduo. A busca desenfreada por um corpo perfeito pode causar insuficiência hepática ou renal assim como problemas de circulação sanguínea e até mesmo depressão. Nos casos em que o vigorético abusa do uso de anabolizantes as consequências podem ser ainda mais graves acarretando em problemas de saúde como doenças cardiovasculares, redução do tecido testicular e até mesmo câncer de próstata.

Não confunda vaidade com Vigorexia 

Esse transtorno apresenta grande preocupação com a aparência do corpo, no entanto, nem todo mundo que malha com frequência pode ser classificado como vigorético mesmo que tenha um grande desejo por ser mais musculoso. A doença é diagnosticada quando existe um comportamento de risco para a saúde do indivíduo e quando a busca pela forma física ideal se torna maior do que qualquer outra coisa na vida da pessoa impedindo que ela conviva socialmente.

A pessoa que sofre de Vigorexia está sempre no limite do esforço físico para alcançar a forma física ideal, mas nunca chega ao seu ideal, pois ele é inalcançável. Podemos fazer uma comparação da Vigorexia com a Anorexia que é outro transtorno dismórfico. Enquanto na anorexia os indivíduos nunca acham que estão magros o suficiente na Vigorexia os pacientes nunca acham que estão musculosos o bastante.

Tem tratamento para Vigorexia? 

A principal linha de tratamento para a Vigorexia é a psicoterapia em que o paciente passa por acompanhamento médico com a finalidade de se aceitar como é e estar em paz com o seu corpo. Em alguns casos podem ser usados medicamentos a base de serotonina que visam aumentar a autoestima do indivíduo. A alimentação também precisa passar por acompanhamento de um nutricionista para que seja equilibrada.

Reconhecimento do problema 

Para que os tratamentos para Vigorexia sejam realmente eficazes é necessário que o indivíduo aceite a sua condição. Porém, esse reconhecimento de que tem um problema pode ser muito difícil por parte dos vigoréticos uma vez que assim como anoréxicos eles não conseguem ver o que as outras pessoas estão vendo.

Uma pessoa com um transtorno dismórfico não se vê como é e sim como acha que é. A Vigorexia pode ser resultante de um quadro de depressão de maneira que pode ter raízes muito profundas que devem ser solucionadas para que se chegue ao final do problema.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *